Written by: Notícias

É possível ir para mais de 82,000 destinos através de uma agência de viagens criptográfica

Membros da comunidade criptográfica agora podem reservar quartos em mais de 550.000 propriedades em todo o mundo, através do serviço de hospedagem e reserva de hotel Travala.com. A companhia aceita vários tipos de criptomoedas como forma de pagamento para que seus clientes possam viajar para 82.000 opções de destinos, pagando com seu ativo digital favorito.

 

Mais de 550.000 propriedades disponíveis para reservas através de ativos digitais

Os entusiastas das criptomoedas tem falado muito sobre o recente serviço de reserva de hotel chamado Travala.com, que oferece acomodações em uma grande variedade de países e cidades em todo o mundo. O Travala aceita 10 criptomoedas diferentes, incluindo seu próprio token, o AVA. Entre as criptomoedas incluídas em seu gateway de pagamento estão BCH, ETH, XRP, LTV, TUSD, TRX, NAN, XRB e BNB.

A empresa oferece reservas para mais de 567.928 propriedades em 2010 países, que somam cerca de 82.311 destinos de viagem. A lista inclui lugares como Paris, Roma, Bali, Hanói, Cingapura, Amsterdã, Londres, Lisboa, Nova York, Los Angeles, Montreal e Toronto.

O Travala foi lançado em julho de 2018 com o objetivo de fornecer um sistema de viagens baseado na blockchain. O Travala tem como objetivo ser o equivalente criptográfico do Expedia, por conta da grande lista de serviços que oferece. A Expedia inclusive costumava aceitar Bitcoin como forma de pagamento, mas parou de aceitar em meados do ano passado por razões desconhecidas.

Neste ano, o Travala começou com maior tração, já que as reservas só do mês de janeiro aumentaram cerca de 265% se comparado com dezembro do ano passado. A startup também fez uma parceria com uma das principais empresas de viagem da China, a Didi Travel, para reforçar a presença da empresa em um dos maiores países do mundo. Os destinos mais populares de janeiro deste ano, incluíram lugares como EUA, Itália, Tailândia, Espanha, Cingapura, Suécia e Filipinas.

 

Travala espera ter 1,5 milhões de propriedades listadas em 2019

Em 31 de janeiro deste ano, a empresa introduziu pagamentos fiduciários à plataforma Travala, permitindo assim que as pessoas paguem por reservas através dos meios tradicionais como o Paypal e cartões de crédito. Durante a atualização, a startup afirmou que as descrições das reservas foram melhoradas, com uma “análise mais clara do tipo de quarto, tipo de refeição, preço por noite, preço de reserva e o total”.

Além disso, o Travala está investindo em melhorias para o ano de 2019, e pretende adicionar novas features como descontos e um sistema de recompensas. A empresa pretende listar 1,5 milhões de imóveis em sua plataforma até o final do ano.

O Travala pretende se juntar a algumas outras empresas que também oferecem reservas de hotéis, acomodações e até mesmo vôos. A Cheapair aceita BCH, LTC, DASH e BTC para hotéis, vôos e aluguel de carros. A Bitcoin.travel, agência de viagens que aceita BTC possui uma lista de companhias aéreas e hotéis parceiros bem extensa. A agência de viagens foi fundada em 2013 em Nova York e oferece aos clientes vários serviços de viagens que aceitam o Bitcoin como forma de pagamento.

O Travala quer ser conhecido em todo o mundo por seu ecossistema de criptomoedas e também como uma agência de viagens de última geração. “Uma plataforma completa de reservas de viagens que combina o melhor da funcionalidade da agência de viagens online desta geração com os incríveis benefícios da tecnologia descentralizada da próxima geração”.

 

Agora queremos saber a sua opinião: o que você pensa sobre essa agência de viagens criptográfica? As agências de viagem do Brasil deveriam seguir este exemplo? Conte aqui o que você pensa a respeito!

Tags:, , Last modified: 27 de maio de 2019