Written by: Bitcoin destaque Investimento

Preço médio: Entenda como isso pode proteger seus investimentos

Imagem com os dizeres preço médio em inglês.

Pessoas acostumadas a realizar investimentos periódicos, tem o hábito de comprar um mesmo ativo por variadas vezes, a preços diversos. É com base nessas compras que o preço médio é calculado. Ou seja, ao somar esses valores e dividir pelas vezes em que se comprou determinado ativo, é que determinamos a média de preços pelo qual um investidor adquiriu o mesmo.

O preço médio é o valor médio de operações de compra ou venda de um ativo, seja ele ações ou bitcoins. Esse valor é calculado, geralmente, em uma determinada operação, quando consideramos que os ativos que fazem parte da operação foram adquiridas ou vendidos, em diferentes momentos, preços e volumes.

Essa conta, portanto, é utilizada pela Receita Federal para determinar o valor médio de lucro ou prejuízo que determinada operação gerou de resultado para o investidor.

Mas afinal, como este cálculo é feito na prática?

Pode parecer confuso, mas o cálculo do preço médio de ações, em geral, engloba certas etapas:

  • Primeiramente: o investidor deve determinar seus custos por ordem executada;
  • Segundamente: deve-se calcular o custo médio de cada ação de cada ordem;
  • Por último: o investidor deve utilizar estes números para calcular o preço médio de suas ações em carteira.

Se ainda com a descrição destes passos, você não conseguir entender a dinâmica por trás do cálculo do preço médio, não se desespere. Existem calculadoras de IR que fazem o cálculo automaticamente para você, te disponibilizando resultados mais precisos.

Porque o preço médio é importante?

Calcular o preço médio destes valores é importante para entender pontos como: quando sair de determinada operação com lucro e sem pagar Imposto de Renda, quando você compra ou vende ações, por exemplo. Ou ainda o quanto você deve pagar de importo de renda caso você ultrapasse o limite de lucro de suas ações. O cálculo também é fundamental para entender a questão dos Fundos Imobiliários, seja para quando houver lucro, ou ainda para quando houver prejuízos a serem compensados.

Quando o preço médio não deve ser utilizado?

Em algumas situações, calcular o preço médio pode ser um grande erro, gerando ainda grandes prejuízos. Um exemplo de quando o preço médio é erroneamente utilizado, é para definir a rentabilidade da carteira de um investidor. Isso porque a variação de preço de um ativo, e do preço em que você o adquiriu, afetam diretamente a sua rentabilidade.

Costurando a discussão

Em resumo, o preço médio é um parâmetro para observação do Imposto de Renda e também para saber se você deve ou não pagar DARF. No caso positivo, o preço médio é utilizado para determinar qual o valor deste pagamento.

Além disso, ele é utilizado para avaliar o preço de cota de mercado, isso porque é ele que vai determinar se sua atual aplicação possui vantagens em relação às demais.

É importante ressaltar, entretanto, que o preço médio não deve ser utilizado para analisar oportunidades de aplicações.

Esse post te ajudou?

Na All Coin Wallet temos profissionais altamente capacitados para te auxiliar e melhor orientar na hora de calcular o peço médio de suas aplicações.

Assine nosso news letter e fique por dentro de todas as novidades no mercado financeiro.

Last modified: 24 de setembro de 2019