Há 10 anos o bloco gênesis do bitcoin foi criado

Tempo de leitura: 3 minutos

Janeiro é um mês importante para a comunidade criptográfica, já que é o mês no qual o bitcoin foi lançado. Em 2019, a data é ainda mais especial, já que celebramos 10 anos do bloco gênesis da criptomoeda, que foi extraído no dia 3 de janeiro às 18:15:05.

Entusiastas de criptomoedas em todo o mundo acreditam que o software lançado pelo criador anônimo Satoshi Nakamoto, mudou para sempre a maneira como as pessoas enxergam o conceito de dinheiro. Sem mencionar a revolução que tal tecnologia proporcionou à economia e às mais diversas áreas do mercado.

 

10 anos do bloco gênesis do bitcoin

10 anos atrás o bloco gênesis do bitcoin mudou o rumo da história. Em outubro de 2008, um desenvolvedor anônimo chamado Satoshi Nakamoto anunciou um documento sobre o bitcoin, no qual explicava o sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer. Dois meses depois, em 3 de janeiro de 2009, a rede foi lançada oficialmente, quando Nakamoto lançou o bloco 0, dando vida à blockchain bitcoin.

Três dias depois, Satoshi Nakamoto enviou a primeira transação de bitcoin da história para o desenvolvedor Hal Finney, que decidiu executar o software e aceitou 10 BTC do criador. Na realidade, Finney estava executando o protocolo bitcoin em seu computador, um dia depois do bloco 1 ter sido minerado, no dia 10 de janeiro. O desenvolvedor inclusive tweetou a respeito no dia.

Mesmo que Finney tenha sido o primeiro destinarário conhecido, Satoshi enviou a criptomoeda para várias pessoas no mesmo dia.

Em 19 de março de 2013, Finney explicou como ele ficou animado com o protocolo, depois que ele foi liberado pelo criador anônimo.

“Quando Satoshi anunciou o lançamento do software, eu o peguei imediatamente – acho que fui a primeira pessoa além de Satoshi a rodar bitcoin”, explicou Finney. “Eu minerava o bloco 70 e alguma coisa, e fui o destinatário da primeira transação bitcoin quando Satoshi me enviou 10 moedas como um teste. Eu mantive uma conversa com ele via e-mail nos dias seguintes, principalmente reportando bugs, enquanto ele os consertava”, acrescentou o desenvolvedor.

A criação do bloco Gênesis do bitcoin, e os estágios iniciais da rede, lentamente começaram a reunir mais e mais adeptos com o passar do tempo. Até hoje, não se sabe o que aconteceu com Satoshi Nakamoto, quando o criador anônimo sumiu em 2010. Desde então, o bitcoin vem ganhando força ano após ano.

Enquanto isso, grandes grupos de entusiastas criptográficos passaram a acreditar que o protocolo tinha potencial de revolucionar todo o sistema monetário em nível global.

 

A natureza da criação de Satoshi Nakamoto

O software de Satoshi é mais do que apenas um avanço fundamental na ciência da computação: é uma revolução em diversas áreas da sociedade.

Desde a criação do bloco gênesis há 10 anos, a inovação tecnológica permitiu uma nova forma de troca voluntária no mercado. As transações entre indivíduos globais são conduzidas de maneira independente, através de centenas de fronteiras invisíveis e sem intermediários.

A inovação que Satoshi Nakamoto proporcionou ao mundo em 2008, é o atual cisne negro do sistema monetário. Sua capacidade de sobreviver a 10 anos de turbulência e infinitos testes é certamente um marco que vale a pena ser celebrado.

 

O que você acha deste marco na história do bitcoin? Deixe nos comentários o que você pensa a respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *